quinta-feira, 3 de dezembro de 2009

Um grande exemplo de solidariedade


A esperança emoldurada no sorriso, a missão encravada no coração para sempre.

Todos os dias da semana Andressa trabalhava com projetos solidários, visando ajudar e melhorar as condições espirituais e matérias das pessoas.

Aos domingos fazia evangelismo publico, consiste em uma radio onde fazia suas orações, tinha o tempo das crianças que contava historinhas infantis e dava brindes. Assim é o programa de todos os seus domingos.
Segundas: O testemunho. No período do manha Andressa estudava e a tarde fazia trabalhos missionários.
Terças: Ajuda humanitária e classe bíblica, em que visitava o asilo, lá cantavam, oravam, brincavam. Fazia aquele momento de descontração, dialogo, ajuda.
Quartas: Assistência social.Reuniam-se em sua casa para fazer a cooperativa, produzindo telhas, decopagem, vidros, porta-retrato de e.v.a, imã de geladeira, Varias coisas de artesanato, porque as famílias que trabalham na cooperativa são carentes, de baixa renda.
Sextas:Oração intercessória.Cada criança pegava o pedido de oração que vinha de vários lugares e orava por este nome.Como disse Andressa" essa oração é muito interessante porque muitos pedidos já foram respondidos através das nossas orações, a oração tem poder."
Sábado:Evangelismo pessoal. Aos sábados convidava algumas crianças para irem até a igreja e fazer todos esses trabalhos.

" Eu sou uma criança normal porque eu estudo, eu brinco quando da tempo, curto meus pais, minhas irmãs.Jesus nos dá 24 horas, se pelo menos tiramos 1 h para fazermos um trabalho solidário...Se não fazermos nossa parte agora, se quiser fazer amanha talvez não dê tempo."

E não deu mais tempo... 22 de Março de 2008 falece Andressa com 14 anos.No pouco que viveu ,fez muito. Fez tudo o que podia enquanto pode, e é isso o que importa, vi um dia isso em uma frase que diz pra que não façamos tudo, mas façamos tudo o que pudermos e formos capazes.

Andressa é mais um exemplo de solidariedade, amor ao próximo e essa corrente não pode acabar.Quantas vezes pessoas passam desperecebiadas na nossa vida?Em quantos momentos deixamos de ajudar? Não digo apenas em trabalhos missionários como o de Andressa, porque isso parte da crença e da fé de cada um.O que eu digo é que poderíamos ter alegrado o dia de uma pessoa com apenas um sorriso, visitado os senhores no asilo, escutado sua historias, brincado com as crianças,oferecer comida a quem tem fome .Crescer e se tornar um bom cidadão que reivindica que emprega e que da oportunidades as pessoas marginalizadas pela sociedade.
Poderíamos e podemos fazer muito mais, porque somos capazes, e não há uma força tão grande que pode nos impedir.

A vocês que plantam e cultivam essa semente, parabéns e muito obrigada, assim o mundo mudará para melhor.Continuem sendo exemplo para os que ainda não começaram, e força para os que tentaram desistir.

2 comentários: