quinta-feira, 9 de abril de 2009

Médicos Sem Fronteiras


Da Guatemala à Indonésia, do Haiti ao Camboja, do Rio de Janeiro à Mianmar: não importa o lugar, aonde existir populações em situação de fome ou passando por momentos de epidemia, catástrofes naturais e conflitos armados, vai haver uma equipe dos Médicos sem Fronteira no mundo disposta a ajudar.

Criada na década de 70 por médicos franceses, a iniciativa atua, hoje, em mais de 60 países ao redor do mundo, levando cuidados médicos, remédios e esperança às populações em situação de risco, além de dar um verdadeiro exemplo de cidadania para o resto do planeta.

São cerca de 3 mil profissionais, entre estagiários e empregados permanentes, que, durante um ano, abrem mão de suas vidas pessoais para se doar a comunidades carentes – e receber, em troca, inúmeras manifestações de gratidão.

Ao contrário do que o nome da ONG possa sugerir, os Médicos sem Fronteiras atuam em muitos outros ramos da saúde – entre eles nutrição, prevenção, água e saneamento e revitalização de hospitais e postos de saúde – e, também, em outras áreas profissionais, como a administrativa, de logística e até mesmo de comunicação e ciências sociais. (Para se inscrever como voluntário, clique aqui)

Médicos Sem Fronteiras
www.msf.org.br

2 comentários: